http://visualprojetos.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/440290img1.jpglink
http://visualprojetos.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/2065211.jpglink
http://visualprojetos.com/components/com_gk3_photoslide/thumbs_big/5072290010.jpglink

CRI e CRA: o que são e como investir PDF Imprimir E-mail
Terça, 28 de Novembro de 2017 12:05

Recentemente, os CRIs (Certificados de Recebíveis Imobiliários) e CRAs (Certificados de Recebíveis Agrícolas) começaram a chamar a atenção das pessoas físicas. Eles são um tipo de título de renda fixa, normalmente de longo prazo. Os CRIs e CRAs são lastreados em créditos imobiliários ou agrícolas e emitidos exclusivamente por companhias securitizadoras.

Quer um exemplo de como funciona na prática? Uma construtora financiou apartamentos em um prédio, e vai receber pagamentos por isso nos próximos 10 anos. A construtora “vende” esses recebíveis à securitizadora, que emite os CRIs. O risco para quem investe no CRI, nesse caso, é o de as pessoas que compraram o imóvel não pagarem suas dívidas.

Um dos atrativos desses títulos é que os rendimentos são isentos de imposto de renda.

Como é calculado o rendimento do CRI e do CRA?
Não há uma regra para o cálculo do rendimento dos CRIs e CRAs. Eles podem ser títulos pré ou pós-fixados. No entanto, explica Roberto Indech, analista-chefe da Rico Investimentos, é mais comum encontrar títulos atrelados ao IPCA, acrescidos de uma taxa prefixada.

Há títulos que pagam juros semestralmente e amortizações periódicas (devolução de parte do dinheiro investido inicialmente). “Existe a figura da amortização, porque muitas vezes o lastro do CRI [os empréstimos imobiliários que geraram o papel] tem essa natureza de pagamentos periódicos”, afirma Erika Lacreta, gerente de Representação Institucional da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).  

Prazo
Como os contratos de financiamento tanto no mercado imobiliário quanto no agronegócio costumam ter prazos longos, os CRIs e CRAs também tendem a ser investimentos de longo prazo, com vencimentos que variam de quatro a dez anos.

E atenção: se você decidir investir, o melhor é estar preparado para carregar esse título até o vencimento. Se for necessário reaver o dinheiro antes, será preciso revender o papel a outro investidor no mercado secundário. O problema é que, no caso dos CRIs e CRAs, o mercado secundário ainda é muito pequeno e tem baixa liquidez. Ou seja, você pode não conseguir seu dinheiro de volta ou ter prejuízo na venda.

“Como o investimento em CRI é pulverizado, a tendência é que o mercado secundário cresça e se desenvolva, como aconteceu com o mercado secundário das debêntures, mas por enquanto ele não é muito representativo”, diz Erika.

Risco
Os certificados de recebíveis não têm proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). Portanto, é preciso ter um cuidado a mais antes de investir nesses títulos. Algumas emissões têm notas dadas pelas agências de classificação de risco. Consulte-as antes de tomar uma decisão de investimento.

“O investidor também pode medir o risco pela rentabilidade: quanto maior a rentabilidade, maior o risco. Se a remuneração é menor, o risco provavelmente também é menor”, afirma Roberto Indech, da Rico Investimentos. Vale ajustar o risco e a rentabilidade de acordo com seus objetivos.

A dica de Erika, da Anbima, é analisar não o emissor, mas o fato que originou aquele recebível. “O investidor tem de olhar o que está por trás do certificado, qual o lastro e quem é responsável por fazer aquele pagamento, para saber qual o risco do investimento”, diz ela.

Como investir?
Para investir em CRIs e CRAs, é preciso ter uma conta em uma corretora, seja ela independente ou de um grande banco. Nas plataformas online, é possível comparar as emissões, rendimentos e prazos.

http://epocanegocios.globo.com/colunas/Financas-de-Bolso/noticia/2017/11/cri-e-cra-o-que-sao-e-como-investir.html



 




Salvador/BA | Avenida Tancredo Neves, 1222 Ed. Empresarial Catabas Tower Conj. 1003 | Telefone/Fax: +55 (71) 3341-8878 | E-mail: visual@visualprojetos.com
Santo Antonio de Jesus/BA | Shopping Vila Inglesa Cj. 132 | Telefone/Fax: +55 (75) 3631-4419 | E-mail - visualsaj@visualprojetos.com

Visual Projetos e Consultoria Empresarial - Salvador - Bahia | Design e otimização por Barutti.com.br